Como o síndico pode lidar com as inadimplências durante a pandemia

10 de junho de 2021

Como o síndico pode lidar com as inadimplências durante a pandemia

Diante do cenário atual no Brasil, atingido fortemente pelas consequências da pandemia, os condomínios não ficam imunes aos problemas. Com diversos setores e segmentos do mercado sofrendo com a crise econômica, a fonte de renda de milhares de brasileiros também foi atingida, com possibilidade de reflexo negativo nas finanças do prédio.

Essas circunstâncias se tornam complicadas para a gestão, que precisa lidar com as inadimplências, além da falta de receita para arcar com os gastos mensais.

Confira abaixo algumas dicas, procedimentos preventivos e possíveis caminhos que o síndico ou a administração do condomínio pode tomar para lidar com esse problema:

Cada caso precisa ser analisado individualmente

Já citamos aqui como a constante atualização cadastral dos condôminos pode ajudar a reduzir as inadimplências e esse é o primeiro passo. Segundo, é importante que a gestão faça análises individuais dos casos, porém sem abrir ou adotar pesos diferentes que tragam a ideia de favorecimento ou tratamento desigual entre os condôminos. Apesar de no geral se tratar de inadimplências, cada situação poderá ter um motivo particular, que precisa ser esclarecido e negociado.

O período é de renegociação. É muito importante que o morador busque negociar sua situação antes de se tornar inadimplente, assim haverá maior flexibilidade nas negociações e menor risco de ações judiciais.

Definição da régua de cobrança

Um trabalho responsável do síndico ou da administração conseguirá levar à elaboração de uma régua de cobrança, instrumento essencial para a organização das inadimplências. É por meio dela que será possível planejar o próximo passo, além de ter controle sobre o andamento dos pagamentos e dívidas.

Quando definida, é importante que seja divulgada em Assembleia Geral, assim a notoriedade da saúde financeira do condomínio ficará clara e esclarecida. Além disso, a gestão precisa estar atenta para que o problema, que deve ser passageiro, não chegue a prejudicar o condomínio a longo prazo.

Conhecimento da contribuição

Mais do que nunca, é imprescindível que o condômino saiba da importância da sua contribuição ao condomínio. Isso porque, a manutenção dos pagamentos das cotas condominiais é essencial para a manutenção e sobrevivência do mesmo.

Conte com uma administradora

Na Graiche, todos os boletos são também enviados eletronicamente (por e-mail), com uma gestão de cobranças automática parametrizada para lembretes de pagamento antes e depois do vencimento. O resultado é a redução da inadimplência e um processo profissional da gestão de pagamentos, com transparência e agilidade.

Além da automatização, o processo de recuperação de cotas e ativos do condomínio é realizado por um departamento exclusivo que cuida de toda a gestão de cobrança, com demonstração on-line, em tempo real e relatórios mensais e quadrimestrais, mostrando a evolução do trabalho. Quer saber mais sobre o tema? Baixe o nosso e-book – Inadimplência, um problema que vai além do caixa.


Compartilhe:



Entre em Contato Conosco



São Paulo:
Atendimento -
(11) 3145-1322
Comercial - (11) 3145-1300

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas



A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.














Mogi das Cruzes:
Atendimento -
(11) 4728-4359

Escreva-se para nossa newsletter
Inscrever