APRENDA A REDUZIR O CONSUMO DE ÁGUA NO SEU CONDOMÍNIO EM 15 DICAS

18 de outubro de 2019

Dentre as inúmeras despesas de um condomínio, os gastos com água chegam a representar 10% ou mais. Por isso é preciso ter muita atenção ao tratarmos deste assunto e aprender algumas dicas para reduzir o consumo de água

Ao contrário do que a maioria pensa, nos condomínios onde é feita a medição única da água, não é o comportamento dos condôminos que propriamente gera desperdício. O que costuma ocorrer, é um uso sem qualquer preocupação com a economia, visto que atitudes individuais impactam muito pouco sobre o volume total de consumo.

Apesar do pouco efeito sobre a economia total, este tipo de pensamento acaba incentivando o sentimento individual de prejuízo, já que cada condômino pode supor que todos os outros também não se preocupam em economizar e, assim, temos o efeito cascata no qual todos gastam mais.

A única forma de reduzir o consumo é a conscientização

 

Segundo previsões da ONU (Organização das Nações Unidas), até 2030 praticamente metade da população enfrentará problemas de abastecimento de água potável, resultado das mudanças climáticas, ação humana e crescimento populacional. Neste momento, a demanda por água doce vai superar o abastecimento em 40%.

Se torna cada vez mais urgente realizar um acompanhamento diário do gasto de água, tomar medidas como a instalação de arejadores e temporizadores nos pontos comuns de consumo e controlar a ocorrência de vazamentos. Medidas simples que caracterizam uma excelente ferramenta para a racionalização dos recursos.

Além disso, o uso de planilhas também permite que se averigue diariamente o que foi consumido, podendo anotar-se os números a cada 24h. Assim, é possível monitorar o comportamento do sistema de água e ainda realizar uma comparação da média diária e suas variações em relação a períodos anteriores, identificando possíveis excessos.

Confira 15 dicas que vão ajudar a reduzir o consumo de água no seu condomínio

 

1 – Crie uma campanha de conscientização. Distribua cartazes em murais, elevadores e envie cartas a cada apartamento. Para diminuir o consumo é primordial que todos entendam a importância da campanha.

2 – Durante reuniões e assembleias de condomínio, proponha a troca da conta de água de consumo coletivo pela de consumo individual. Hidrômetros individuais em condomínios são muito eficazes para economizar água.

3 – Cubra a(s) piscina(s) para reduzir a evaporação em até 90%, gerando economia de 378,5 litros de água por mês.

4 – Regue as plantas apenas com um regador, aspersor ou com mangueira do tipo esguicho-revólver. Sistema de rega automatizados são excelentes para o jardim e para o consumo de água. Assim você evita a evaporação e economiza até 96 litros.

5 – Converse com os condôminos que costumam lavar o carro. Sugira a opção de limpadores líquidos em spray e panos descartáveis ou microfibras para limpar o automóvel e não gastar uma gota d’água.

6 – Faça uma inspeção periódica para chegar vazamentos. Essa simples atitude pode reduzir em até 20% as contas do seu condomínio.

7 – Em caso de prédios antigos, a dica é trocar válvulas tipo hidra ou vasos antigos das áreas comuns e unidades, por modelos de caixa acoplada de dois botões, que reduzem o volume de 24 para 6 litros por descarga.

8 – Nada de mangueira para varrer a calçada. Opte por vassoura e economize 279 litros a cada 15 minutos.

9 – Faça uma cotação e apresente um orçamento para a instalação de hidrômetros individuais.  A princípio pode parecer caro, mas em pouco tempo a economia aparece, pois cada morador vai passar a pagar o que consome, estimulando a economia.

10 – Sugira a construção de reservatórios para armazenar água da chuva, que pode ser reaproveitada para a limpeza de áreas comuns e para a rega dos jardins.

11 – Instale restritores de vazão e controladores de pressão. Estes equipamentos simples são capazes de acabar com os “ladrões de água”, fazendo com que o consumo chegue no nível ideal.

12 – Estude a possibilidade de implementar uma estação de tratamento de água simples, mas que garanta uso para o banho e para as pias, diferente do que vai para as descargas e lavagem de pisos.

13 – Busque ferramentas inteligentes que contribuam com a diminuição de gastos e de consumo de água no condomínio, como a implementação de sistemas de torneiras preparadas para evitar o desperdício.

 

Agora que você já conhece boas medidas para a economizar água no seu condomínio, é só começar. Seu orçamento agradece e o planeta também.

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo:
Atendimento - (11) 3145-1322
Comercial - (11) 3145-1300

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas

Mogi das Cruzes:
Atendimento - (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.