Coronavírus: Golpe em condomínios

20 de março de 2020

Criminosos têm aproveitado a pandemia de coronavírus e o medo que a doença vem causando para tentar invadir condomínios.

Novas modalidades de invasão aos condomínios estão surgindo. Aproveitando o momento delicado, golpistas tentam entrar sem serem anunciados e realizam assaltos em apartamentos.

Pessoas que dizem ser funcionários dos seguintes lugares: Vigilância Sanitária, Ministério ou Secretaria da Saúde, Hospitais e Laboratórios, entre outros disfarces similares. Todos utilizando o pretexto de visita, realizar testes ou aplicar vacinas.

Links circulam em grupos de redes sociais, em nome de hospitais de referência, informando sobre a disponibilização de teste domiciliar para a confirmação de coronavírus. Ao clicar no link, são pedidos dados pessoais como nome, telefone, endereço e pedido médico do exame. Ainda no link, a pessoa é informada de que, em breve, entrarão em contato para a possibilidade da coleta do exame.

Munidos dos dados da pessoa, os criminosos, então, vão até o prédio, alegando ao porteiro se tratar de equipe de saúde acionada pelo morador. “Todas as regras de segurança continuam válidas nesse momento. É importante que as pessoas sempre chequem em fontes confiáveis sobre o que está sendo compartilhado nas redes sociais. Entre nos sites dos hospitais, telefone e peça informações, mas nunca deixe seus dados pessoais em fichas oriundas de links, sem antes verificar a veracidade”.

PROTEJA SEU CONDOMÍNIO DO CORONAVÍRUS

A Graiche recomenda uma atenção extra aos procedimentos de controle da portaria.

Morador

  • Antes de chamar qualquer serviço de saúde, checar a fonte e seguir o procedimento padrão de autorização de visitas da portaria do seu condomínio;
  • Em caso de um morador acionar um médico da família para consulta em domicílio, todas as informações devem ser passadas ao porteiro, como o nome do profissional e em qual instituição ele trabalha.

Portaria

  • Somente liberar a entrada de pessoas autorizadas pelo morador de acordo com o procedimento de controle;
  • Não permitir o acesso de qualquer pessoa sem ser anunciada;
  • Reforçar os procedimentos de controle para uma maior segurança de todos.

Os porteiros devem confirmar com o morador se ele está aguardando essa visita e pedir um documento de identificação, como um crachá profissional, antes de permitir a entrada. Todo cuidado no enfretamento ao coronavírus é necessário e à insegurança também.

 

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo:
Atendimento - (11) 3145-1322
Comercial - (11) 3145-1300

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas

Mogi das Cruzes:
Atendimento - (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.